Blog

Adotar é mais que bonito!

Adotar é mais que bonito!

Quem tem o privilégio de ser pai ou mãe de um filho adotivo sabe: é impossível descrever em palavras os sentimentos da adoção, tamanha a força do vínculo afetivo que se cria com os filhos! Claro que a palavra amor é a primeira que nos vem à mente – e com toda razão. Mas a adoção é muito mais! São…

As dores da adoção: um bate-papo com Luiz Schettini Filho

As dores da adoção: um bate-papo com Luiz Schettini Filho

Toda adoção envolve muitos sonhos, expectativas e alegrias. E, como qualquer grande transformação, também vem acompanhada de muitos desafios. Mãe biológica, família adotiva e claro, a criança, passam por questionamentos e situações que exigem perseverança, amor, compreensão e diálogo. E, em especial, precisam superar uma fase muito especial, que os especialistas chamam de “as dores da adoção”. A adoção pode…

Entenda a diferença entre Acolhimento Familiar e adoção

Entenda a diferença entre Acolhimento Familiar e adoção

Muitas pessoas têm dúvidas sobre as diferenças entre Acolhimento Familiar e adoção. Você é uma delas? Esclarecemos aqui várias questões: Adoção x Acolhimento Familiar A adoção é um processo judicial que permite que uma criança ou adolescente se torne legalmente filho(a) de uma família com o qual não possui laços genéticos. Essa medida só pode acontecer quando se esgotarem todas…

O caso dos órfãos da Romênia

O caso dos órfãos da Romênia

Pesquisa feita pela Universidade de Harvard, com órfãos da Romênia, comprova que o abandono por tempo prolongado pode causar danos neurológicos em crianças. A ciência confirmou o que muitos educadores, psicólogos, pais e cuidadores já haviam percebido na prática. Além de traumas psicológicos, o abandono nos primeiros anos de vida pode causar danos graves no desenvolvimento neurológico das crianças. Um…

Teoria do Apego: qual sua importância

Teoria do Apego: qual sua importância

Desenvolvida pelo psiquiatra britânico John Bowlby, entre a década de cinqüenta e sessenta, a Teoria do Apego procura explicar como ocorre – e quais as implicações para a vida adulta - dos fortes vínculos afetivos entre o bebê humano e seu provedor de segurança e conforto. Bowlby recolheu relatos e fez observações entre da interação da mãe com o bebê.…
Fases da adoção tardia – sentimentos e desafios

Fases da adoção tardia – sentimentos e desafios

Para concluir nossa série especial sobre Adoção Tardia, vamos falar sobre os demais grupos das fases da adoção tardia, com seus sentimentos e desafios. Se você não acompanhou os artigos anteriores, leia “O que é adoção tardia: mitos e verdades” e também ”“Fases da adoção tardia: como lidar. No artigo anterior explicamos um pouco sobre as questões relativas ao medo…
Fases da adoção tardia: como lidar

Fases da adoção tardia: como lidar

Toda adoção envolve desafios, mas é importante saber que eles não são maiores do que na maternidade biológica. São apenas diferentes e, especialmente na adoção tardia , costumam ser mais intensos nos primeiros anos após a adoção, no período em que tanto a família quanto a criança estão se adaptando à nova vida. Por isso, quanto mais informação você tiver,…
O que é adoção tardia: mitos e verdades

O que é adoção tardia: mitos e verdades

O termo adoção tardia é utilizado quando a criança adotada já possui um desenvolvimento parcial em relação a sua autonomia e interação com o mundo, em geral após os 3 anos de idade. Embora não haja uma idade mínima formal para caracterizar a adoção tardia, assim são classificadas as adoções de crianças que já conseguem se comunicar, sabem andar, não…

2019 - Todos os direitos reservados .
O Instituto Geração Amanhã é uma organização sem fins lucrativos, laica e apartidária. Todas as fotos de crianças são meramente ilustrativas (banco de imagem). Não expomos crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade, por respeito e conforme as orientações do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente.