O Poder do Vínculo

A ciência do afeto

A ciência confirmou o que muitos educadores, psicólogos, pais e cuidadores já haviam percebido na prática. Além de traumas psicológicos, o abandono nos primeiros anos de vida pode causar danos graves no desenvolvimento neurológico das crianças.

Um estudo de alto nível de precisão e rigor científico, feito pelo Hospital de Crianças de Boston, da Universidade de Harvard, mapeou por mais de 15 anos os efeitos da institucionalização precoce no desenvolvimento do cérebro de crianças.  Os resultados são avassaladores. A pesquisa conhecida como “Orfãos da Romênia” revelou que crianças acolhidas institucionalmente por tempo prolongado, especialmente durante os primeiros anos de vida, têm déficits cognitivos significativos (incluindo diminuição de QI), aumento do risco de distúrbios psicológicos, redução da capacidade linguística, dificuldade de criação de vínculos afetivos, crescimento físico atrofiado, entre inúmeros outros sérios problemas, alguns deles irreversíveis.

Por outro lado, uma análise comparativa, com base em mapeamento da atividade cerebral (EEG) mostrou que a intervenção precoce e eficaz pode ter um impacto positivo nos resultados a longo prazo. Nesse estudo, constataram que existe uma janela de tempo, denominada período crítico, que afetam campos cognitivos e emocionais. Já sabíamos das carências e consequências emocionais. Agora temos provas e urgências ligadas aos processos neurológicos: cada ano que uma criança vive em acolhimento institucional aguardando a reintegração à família de origem ou a decisão da lei sobre sua adoção resulta em quatro meses de déficit na cognição geral.

Muitos estudos serão divulgados pelo Instituto Geração Amanhã. Vamos trabalhar incansavelmente para divulgar e disseminar informações que ajudem a conscientizar a sociedade sobre um tema de importância vital e demandas urgentes. E também vamos consolidar parcerias e buscar os vínculos sociais que ajudem a mudar realidades, pois como disse um dos pesquisadores, encontramos experiências tanto de angústia quanto de esperança.

Para saber mais, leia os estudos e assista aos vídeos abaixo, que comprovam os danos causados pela falta de vínculos na primeira infância.

Os órfãos da Romênia

2019 - Todos os direitos reservados .
O Instituto Geração Amanhã é uma organização sem fins lucrativos, laica e apartidária. Todas as fotos de crianças são meramente ilustrativas (banco de imagem). Não expomos crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade, por respeito e conforme as orientações do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente.