Acolhimento Familiar

Visite o site do programa

 A Plataforma Acolhimento Familiar é um programa do Instituto Geração Amanhã, que visa disseminar informações para ajudar a mudar realidades, através do engajamento da sociedade nesse importante assunto.

O Acolhimento Familiar é uma medida de proteção, alternativa ao Acolhimento Institucional (abrigos e casas lares) para crianças e adolescentes em situação de risco social que foram afastados de suas famílias de origem por decisão judicial. Caracterizada pela transferência temporária dos direitos e deveres parentais dos pais biológicos para outro adulto, até que a situação da criança/adolescentes seja definida entre voltar para a família de origem, colocá-la em família extensa ou habilitar para adoção.

Um modelo que ainda não é amplamente conhecido ou aplicado no Brasil, apesar de ser prioritário ao acolhimento institucional, por lei, desde 2009. A convivência familiar e comunitária é uma prioridade absoluta e direito fundamental assegurado pelo Artigo 227 da Constituição Federal de 1988,e pelo Artigo 4 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), de 1990. O ECA detalha e aprofunda a questão em várias frentes. Além de reafirmar a prioridade à convivência familiar e à primeira infância, trata especificamente sobre Acolhimento Familiar no Artigo 34 e no Artigo 101Ou seja, existem vários instrumentos legais que versam sobre a mesma questão, há bastante tempo.

Nós do Instituto Geração Amanhã lutamos para desenvolver o melhor interesse da criança. Acreditamos que o Acolhimento Familiar é um dos caminhos para mudar essa realidade e que deve ser amplamente divulgado e colocado urgentemente em prática. Saiba mais sobre o assunto no site do Programa Acolhimento Familiar.

2019 - Todos os direitos reservados .
O Instituto Geração Amanhã é uma organização sem fins lucrativos, laica e apartidária. Todas as fotos de crianças são meramente ilustrativas (banco de imagem). Não expomos crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade, por respeito e conforme as orientações do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente.